“Com portugueses, PSD e Rio, cá estamos para responder ao desafio”

Rui Rangel reagiu à vitória de Rui Rio no confronto com Santana Lopes.

No rescaldo das eleições diretas do PSD que elegeram Rui Rio como novo líder do partido, Paulo Rangel, que chegou a ser apontado como possível candidato, concorda que se trata de “um novo ciclo” dentro do partido.

“Depois de uma campanha longa, mas fortemente mobilizadora – como bem se viu nos últimos quinze dias -, o PSD está revitalizado e capaz de cumprir mais uma vez a sua missão nacional”, começou por dizer o social-democrata na sua página oficial no Facebook.

O eurodeputado recorda que Rui Rio, “no seu discurso de vitória, lançou o repto para a construção de uma alternativa forte e verdadeira à esgotada política da frente de Esquerda” e também que “essa alternativa ficou bem descrita naquele que foi o seu melhor discurso de campanha: o discurso de encerramento de sexta-feira, 12, onde estão as bases, os princípios e os critérios de um programa alternativo”.

Agora que termina o ciclo de Passos Coelho e que Rui Rio é o líder dos partidos ‘laranja’, Rangel assegura que “cabe a todos, militantes e à sociedade civil que sente a necessidade dessa alternativa, corresponder ao repto lançado pelo novo líder”.

“Sem populismos e sem uma falsa noção de facilitismos, a história do PSD mostra-nos que é possível criar essa alternativa de esperança e vencer o imediatismo da frente de esquerda que, a prazo, condena Portugal. Com os portugueses, com o PSD, com Rui Rio, cá estamos para responder ao desafio”, escreveu o social-democrata.

 

 

Fonte: Inês André de Figueiredo

Categorias: DESTAQUE,Política

Tags:

Leave A Reply

Your email address will not be published.