Satélite europeu de exploração de planetas extrassolares vai ser lançado

engenho será lançado da base espacial de Kuru, na Guiana Francesa, num voo operado pela Arianespace. Inicialmente, a data de lançamento estava prevista para a próxima primavera.

A missão, que prevê o estudo de mais de 3.500 exoplanetas, que orbitam uma estrela diferente do Sol, resulta de uma colaboração entre a agência espacial europeia (ESA) e a Suíça, contando com contributos de vários países, incluindo Portugal e França.

Portugal participa cientifica e tecnologicamente através do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço e da empresa de engenharia Deimos, que tem a seu cargo os sistemas de processamento de dados.

O satélite, que terá uma vida útil variável entre os três e os cinco anos, irá medir a massa e o raio dos exoplanetas já identificados e o tempo que demoram a orbitar a sua estrela.

 O CHEOPS (CHaracterising ExOPlanet Satellite, Satélite Caracterizador de Exoplanetas) representa um investimento de cerca de 50 milhões de euros, antecedendo uma outra missão europeia, a PLATO, para ‘caçar’ novos planetas extrassolares.

Categorias: DESTAQUE,Mundo Digital

Leave A Reply

Your email address will not be published.